Início > ÉTICA, ECONOTÍCIAS, SOCIEDADE > Violência contra ciclistas em Porto Alegre

Violência contra ciclistas em Porto Alegre

Porto Alegre foi palco de cenas de horror ontem a noite. Dezenas de ciclistas da MASSA CRÍTICA que participavam de um ato em Porto Alegre foram atropelados propositalmente pelo motorista de um golf preto na rua José do Patrocínio.

Atropelamento Coletivo

Participantes de ato que pedia respeito às bicicletas no trânsito, eles foram atropelados como se fossem bolas de boliche pelo motorista de um Golf. Irritado, ele atropelou pessoas e bicicletas que voaram, chocando-se no ar, no solo, contra o asfalto. Ficaram para trás duas filas de gente caídas. Ambulâncias foram enviadas ao local, oito pessoas foram recolhidas ao Hospital de Pronto Socorro. Âtonitos e revoltados, os ciclistas recolhiam os feridos.

Contatado, Vanderlei Cappellari – diretor da EPTC, disse que o passeio ciclístico foi uma atividade irregular, já que o órgão não foi comunicado. Porém, abrandou, “esperamos auxiliar a encontrar o motorista…”.

Sob o título “O sonho persiste”, hoje pela manhã o blog da MASSA CRÍTICA convocava os ciclistas para uma Assembléia neste domingo, dia 27/2, às 17h, na Cidade da Bicicleta (Rua Marcílio Dias, 1091).

ATUALIZAÇÕES:

Em 01/março, do blog da Massa Crítica/POA:

Ministério Público pede prisão preventiva do monstrorista

embora o cara continua alegando legítima defesa xs promotorxs entendem que o caso é de crime doloso, intenção de matar e mais, duplamente qualificado, que significa motivo fútil e impossibilidade de defesa das vítimas.

e olhem que loucura! o cara já tem varias infrações de trânsito graves! e por que sabendo disso não caçaram a carteira desse cara! isso sim teria evitado o que passamos!

pessoal! não esqueçam de fazerem ocorrência! até hoje tinham em torno de 50 registros. ainda tem muito mais gente! é lá no DPTran!

Dá para acompanhar os processos diretamente no site do TJRS (www.tjrs.jus.br). É só clicar em acompanhamento processual e colocar os números (um é o pedido do MP e o outro da Polícia):

001/2.11.0017784-0
001/2.11.0017785-8

No momento, ao que parece, os dois estão conclusos com o juiz, aguardando a decisão sobre o pedido de prisão preventiva.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: