Archive

Archive for fevereiro \27\UTC 2011

cuRSo de BioconsTRUção no caRnaVal

fevereiro 27, 2011 Deixe um comentário

A busca das tecnologias ancestrais tem como justificativa a potência da nossa própria autonomia.

de 4 à 8 de maRço de 2011

CaSa TieRRa – ECOnsciência

Hoje temos visto cada vez mais, mega obras de infraestrutura de alto custo, para tentar solucionar o problema dos assentamentos humanos, executadas geralmente por grandes empreiteiras. Acreditamos que as soluções devam ser locais, acessíveis e de baixo custo, valorizando as relações de troca e os conhecimentos tradicionais e locais, com respeito à natureza.

A proposta do curso de bioconstrução é apresentar técnicas de construções mais sustentáveis, praticando-as do contexto urbano ao rural de Porto Alegre. Partindo do contexto da cidade consolidada, conheceremos soluções em pequena escala, como do espaço CasaNAT, (centro de referência para edificações sustentáveis no meio urbano) e também no Sítio Recanto das Pedras, na Lomba do Pinheiro, borda entre o urbano e o rural, espaço de moradia, produção e educação ambiental. Seguimos adentrando o rural, no sítio Capororoca, no Lami, espaço de agroecologia, agroindústria, turismo rural e pesquisa. E daí para o Espaço de Conservação Econsciência, situado no Morro São Pedro, em área de Mata Atlântica, ambas localizadas dentro do cinturão verde de Porto Alegre, que, como metrópole, sente os efeitos da expansão desordenada desse modelo globalizado de desenvolvimento. O curso propõe ferramentas e técnicas que possibilitem um olhar crítico e um uso mais sustentável deste espaço.

Programação:

Dia 4 – ABERTURA DO CURSO – Casa NAT (Olavo Bilac, 192 Cidade Baixa)

19:00 – Apresentação dos participantes

20:00 – Dinâmica do curso

21:00 – Aula teórica sobre conceito de bioconstrução; e os Ciclos da Água

22:00 – Encerramento da noite

Dia 5 – MANEJO ADEQUADO DAS ÁGUAS – Sítio Recanto das Pedras (Lomba do Pinheiro)

8:00 – Encontro no centro de Porto Alegre e translado de ônibus de linha até o Sitio

9:00 – Atividades práticas

Montagem da fossa ecológica
Montagem dos leitos de evapotranspiração
Construção da cisterna e montagem do sistema de descarte da água
12:00 – Almoço

13:30 – Alternância das atividades práticas

16:00 – Lanche

16:20 – Alternância das atividades práticas

18:50 – Translado para o Econsciência

21:00 – Janta

Pernoite no Econsciência

Dia 6 – TÉCNICAS DE VEDAÇÃO EM TERRA – Econsciência – Espaço de Conservação

7:30 – Café da manhã

8:15 – Aula teórica sobre técnicas de vedação em terra

9:45 – Atividades Práticas

Taipa de pilão
Mini super adobe em em sacos de pano
Pau a pique
12:00 – Almoço

13:30 – Alternância das atividades práticas

16:00 – Lanche

16:20 – Alternância das atividades práticas

18:30 – Encerramento das atividades práticas

20:30 – Janta

22:00 – Baile

Pernoite no Econsciência

Dia 7 – ACABAMENTOS ALTERNATIVOS – Econsciência – Espaço de Conservação

8:15 – Café da manhã

9:00 – Atividades práticas

Reboco com terra
Tintas Naturais
Mosaico de revestimentos
Reboco com cal
12:00 – Almoço

13:30 – Alternância das atividades práticas

16:00 – Lanche

16:20 – Alternância das atividades práticas

20:30 – Janta

Pernoite no Econsciência

Dia 8 – USO DO FOGO – Sítio Capororoca

7:30 – Café da manhã

8:30 – Translado até o Sitio Capororoca

9:30 – Atividade prática

Fogão a lenha de alta eficiência
Forno a lenha
Serpentina em fogão a lenha
12:00 – Almoço

13:30 – Alternância das atividades práticas

16:00 – Lanche

16:20 – Alternância das atividades práticas

18:30 – Encerramento das atividades práticas e avaliação do curso

19:30 – Retorno a Olavo Bilac

Ministrantes: Equipe Casatierra

Investimento:

Até dia 10 de fevereiro: estudantes – 410 reais ou 3 x 145 reais

profissionais – 460 reais ou 3 x 165 reais

Até dia 25 de fevereiro: estudantes – 450 reais ou 2 x 240 reais

profissionais – 500 reais ou 2 x 260 reais

Até dia 4 de março: estudantes – 480 reais somente à vista

profissionais – 530 reais somente à vista

O valor do curso inclui o transporte ida e volta ao centro de Porto Alegre, pernoite em alojamento coletivo ou camping, café da manhã, almoço, lanche da tarde e janta, material didático e certificado registrado.

Faça sua inscrição pelo e.mail institutoeconsciencia@gmail.com ou curso@econsciencia.org.br; ou pelo fone 51 91050910.

Fonte: http://coletivocatarse.blogspot.com/2011/02/curso-de-bioconstrucao-no-carnaval.html

Categorias:ECONOTÍCIAS

Momento Zen

fevereiro 27, 2011 Deixe um comentário

Em alguns momentos é necessário esquecer a carência de humanidade tão em voga na nossa espécie. Nesses momentos é sempre legal ver/rever esse vídeo que recebi por e-mail de um amigo:

Prá falar de lixo…O momento em que uma coisa se transforma em outra

fevereiro 26, 2011 Deixe um comentário

O lixo transformado em arte pelo artista plástico Vik Muniz


Pensar em lixo sempre me causa inquietação. Seja pelas coisas que passam por nossas mãos e já não servem mais, seja pelos restos que alimentam a esperança dos que dela precisam… Hoje encontrei um post que traduz essa minha inquietação de forma magistral. É do Coletivo Catarse e aborda o mote lixo x arte. Vale a pena – vejam:

O momento em que uma coisa se transforma em outra

É possível aprender com o que colocamos fora, com o que os outros fazem com o que colocamos fora.

Na vida, quem cata algo?

Mais um catador de imagens e palavras, catador de histórias e emoções. Catador do lixo, do seu lixo, do meu, da matéria que se transforma, nos transforma.

É possível sorrir vivendo do lixo, vivendo no lixo. É possível sorrir. É possível montar uma biblioteca com os livros que vão pro lixão. É possível comer do lixo, quando é preciso comer o lixo. E também é preciso ver além dele, ver as pessoas. É possível fazer arte, fazer planos. É possível ser triste. Será possível deixar de ser?

No momento em que não é possível mais ser o mesmo porque já nos transformamos em outro, vem o abraço, junto com o choro. Ainda o passado e ao mesmo tempo o futuro. Tudo o que foi e o que será. Agora.

A passagem pelo próprio descobrimento. Descoberta de alguém que estava dormindo no corpo. É possível aprender quando nos colocamos fora, pra fora, lá fora. Nosso lixo. Nossa riqueza.

Na lanterna, um olho acesso pro escuro. A garota procura pedaços: fatias de plástico, cacos de vidro, restos de alumínio, cabelos de boneca. Nossos pedaços e restos se confundem com os dela. Correm os pés na terra, corre o chorume no olho. No olho, algo que apodreceu se desmancha para vir algo novo:

Categorias:RECICLAGEM, SOCIEDADE

Violência contra ciclistas em Porto Alegre

fevereiro 26, 2011 Deixe um comentário

Porto Alegre foi palco de cenas de horror ontem a noite. Dezenas de ciclistas da MASSA CRÍTICA que participavam de um ato em Porto Alegre foram atropelados propositalmente pelo motorista de um golf preto na rua José do Patrocínio.

Atropelamento Coletivo

Participantes de ato que pedia respeito às bicicletas no trânsito, eles foram atropelados como se fossem bolas de boliche pelo motorista de um Golf. Irritado, ele atropelou pessoas e bicicletas que voaram, chocando-se no ar, no solo, contra o asfalto. Ficaram para trás duas filas de gente caídas. Ambulâncias foram enviadas ao local, oito pessoas foram recolhidas ao Hospital de Pronto Socorro. Âtonitos e revoltados, os ciclistas recolhiam os feridos.

Contatado, Vanderlei Cappellari – diretor da EPTC, disse que o passeio ciclístico foi uma atividade irregular, já que o órgão não foi comunicado. Porém, abrandou, “esperamos auxiliar a encontrar o motorista…”.

Sob o título “O sonho persiste”, hoje pela manhã o blog da MASSA CRÍTICA convocava os ciclistas para uma Assembléia neste domingo, dia 27/2, às 17h, na Cidade da Bicicleta (Rua Marcílio Dias, 1091).

ATUALIZAÇÕES:

Em 01/março, do blog da Massa Crítica/POA:

Ministério Público pede prisão preventiva do monstrorista

embora o cara continua alegando legítima defesa xs promotorxs entendem que o caso é de crime doloso, intenção de matar e mais, duplamente qualificado, que significa motivo fútil e impossibilidade de defesa das vítimas.

e olhem que loucura! o cara já tem varias infrações de trânsito graves! e por que sabendo disso não caçaram a carteira desse cara! isso sim teria evitado o que passamos!

pessoal! não esqueçam de fazerem ocorrência! até hoje tinham em torno de 50 registros. ainda tem muito mais gente! é lá no DPTran!

Dá para acompanhar os processos diretamente no site do TJRS (www.tjrs.jus.br). É só clicar em acompanhamento processual e colocar os números (um é o pedido do MP e o outro da Polícia):

001/2.11.0017784-0
001/2.11.0017785-8

No momento, ao que parece, os dois estão conclusos com o juiz, aguardando a decisão sobre o pedido de prisão preventiva.

“no diaaaaa em que eu virei um net” em versão atualizada

fevereiro 20, 2011 Deixe um comentário

Realmente muito boa essa versão do comercial…dispensa comentários…

“Quem lembra da música é só acompanhar:

Estava sentado em casa…
assistindo ao Brasileirão…
que paguei do pay per view…
e barato não é não…
De repente minha TV…
foi pra outra dimensão
“estamos fora do ar”
e começou minha chateação

No diaaaaa… em que eu virei um NET…

Telefonei para explicar…
aquela triste situação…
me deixaram esperando…
duzentas horas na ligação
Já estava emputecido
mas prometeram visita em março
eu estava arrependido…
meu dinheiro foi pro espaço…

No diaaaaaa… em que eu virei um NET

E então chegou o técnico
meu sinal estava fraco
precisava trocar o cabo…
“mas isso eu não faço…”
Foi embora e me deixou
com cara de otário…
Ia ter que ligar de novo…
e meu dinheiro virou de banco imobiliário

No diaaaaa… em que eu virei um NET…

Mandei um email e liguei
reclamando da patifaria
não consigo uma resposta
queria acabar com a putaria
mas prometeram um desconto
na fatura do mês seguinte
só que chegou integralmente
me trataram como um pedinte…

No diaaaaa… em que eu virei um NET…

Vai tomar no *********…
agora eu to muito fudido…
devolve meu dinheiro…
essa porra é um lixo fedido
Ao invés de fazer propaganda
com músiquinha copiada…
atenda bem os clientes…
não sou motivo de piada…

Um diaaaaaa… vou EXPLODIR A NET… HD.”

do blog EU VI…
Os Olhos São Meus…
(http://euvii.wordpress.com/2011/02/11/no-dia-em-que-eu-virei-um-net/)

e o vídeo com a música de Johnny Cash – The Man Comes Around http://www.youtube.com/watch?v=DhtcaRRngcw&feature=related

Categorias:CURIOSIDADES

Newster 10 – tecnologia italiana que transforma lixo hospitalar em lixo comum

fevereiro 20, 2011 Deixe um comentário


Com vantagens financeiras e ambientais, chega ao país um equipamento – chamado de Newster 10, de tecnologia italiana que transforma resíduos contaminados de clínicas e hospitais em lixo comum e esterilizado. Apesar de estar estreando no Brasil, essa tecnologia já tem 20 anos de existência e ajuda hospitais de 22 países, entre eles França, Itália, Polônia, Rússia, Irã, Egito, Marrocos, Uruguai, Paraguai e Venezuela.

Os resíduos de hospitais e clínicas médicas sempre representaram um grande problema. Não só para o meio ambiente, já que o lixo libera gases do efeito estufa na atmosfera quando incinerado, como também para os estabelecimentos que trabalham com saúde, que gastam muito dinheiro para gerenciar seu lixo. Sem contar que os materiais descartados são contaminados por microorganismos transmissores de doenças expondo funcionários a riscos de infecção.

Funcionamento

O equipamento , adotado recentemente pelo Hospital Instituto de Medicina e Cirurgia do Paraná, de Curitiba/PR, trata o lixo hospitalar, basicamente, através de dois processos: o de trituração e o de esterilização. No processo, os resíduos sofrem decomposição térmica de proteínas, ruptura de membranas celulares e modificação química dos componentes celulares. Para isso, a tecnologia utiliza uma câmara hermética, com pressão atmodférica e altas temperaturas em um ambiente úmido. Dentro da câmara há uma parte giratória com lâminas que desintegra, agita e aquece os resíduos por meio de impactos e atritos. Quando a temperatura chega a 155ºC, o aparelho borrifa água vaporizada para garantir o processo de esterilização.

Dessa maneira, resíduos que poderiam ser perigosos para a população e para o meio ambiente por risco de infecção, como seringas, bisturis e resíduos cirurgicos, podem ser descartados com mais segurança. Depois de tratado, o material tem uma redução aproximada de 70% do seu volume e de 30% do peso, com um aspecto irreconhecível. O operador da máquina precisa, apenas, apertar um botão para que a turbina comece a trabalhar. Depois de cerca de meia hora em funcionamento, a máquina devolve um pó cinza. A vantagem é que ele sai esterilizado, sem nenhum organismo vivo causador de doenças.

O processo transforma em lixo comum resíduos como:
– materiais para diálise (placas e tubos);
– embalagens (sacos, garrafas, caixas);
– os de laboratórios de microbiologia (amostras de substâncias fisiológicas, caixas para cultura de micróbios);
– cirúrgicos (luvas, bisturis, cateteres);
– infectados (seringas, sondas) e
– materiais orgânicos.

Outra vantagem do aparelho é que seu impacto ambiental é baixo. “Não produz nenhum efluente perigoso para a saúde, nem poluição para o meio ambiente. Ele não libera gás, apenas um vapor de água, que ainda passa por filtros de carbono ativo”, explica Beatriz Genaro, diretora da Traadex, que importa o produto para o país.

Os custos

O hospital ou clínica que quiser comprar a máquina deve investir 220 mil euros, incluindo a instalação do aparelho e o treinamento de operadores. Dependendo da quantidade de lixo produzida, o investimento deve ser compensado em uma média de dois anos e meio. A estimativa é de que os custos com lixo reduzam 60% a 70% por mês.

O lançamento aconteceu no Instituto de Medicina e Cirurgia do Paraná. Por enquanto, o equipamento tem as licenças necessárias para entrar em funcionamento naquele estado, mas a ideia é que chegue a outros estados do país.

Categorias:ECONOTÍCIAS

I.light – O cimento translucido que economiza energia

fevereiro 11, 2011 Deixe um comentário

O prédio da Expo em Xangai do ano passado é o único construído com o material até hoje. (Divulgação / Italcementi)


A criação é de uma empresa italiana que lançou um prédio verde /translucido. Os arquitetos da Italcementi desenvolveram um cimento translucido que permite mais entrada de luz no edifício, diminuindo o gasto com energia.

O único prédio construído com o material, batizado de i.light, foi o pavilhão italiano de uma exposição em Xangai, na China, realizada ano passado. A construção usou o cimento em cerca de 40% de sua composição. Atualmente a empresa tem impulsionado o projeto com parcerias pelo mundo e já anunciou a próxima edificação a empregar o material: o prédio da embaixada italiana em Bangcoc, na Tailândia, cuja inauguração está prevista para este mês.

O i.light confere 20% de transparência às paredes de um edifício.


Como funciona

O conceito do i.light é relativamente simples. As paredes do prédio são erguidas com painéis que contêm minúsculos orifícios, espaçados entre dois e três milímetros. Essas aberturas permitem a entrada de luz sem comprometer a integridade da estrutura, conforme a empresa.

Cada painel tem uma matriz de resinas plásticas que confere aparência esburacada à mistura de cimento. À distância, a impressão é a de uma parede de concreto tradicional.

Sua transparência é de cerca de 20%, garantida por mais ou menos 50 furos por painel. Em dias de sol, a estrutura poderia economizar a energia elétrica da iluminação, além de permitir melhor circulação do ar. Segundo a Italcementi, o uso do cimento perfurado pode economizar a mesma quantidade de energia que é economizada durante o horário de verão na Europa.

Categorias:Ecodesign