Início > ATIVISMO, ECONOTÍCIAS > Sobre o Dia Mundial sem Carro

Sobre o Dia Mundial sem Carro

Diversas ações mobilizam o país na Semana Nacional do Trânsito e no Dia Mundial Sem Carro, quarta-feira, criado na Europa para estimular o uso de transportes alternativos ao carro. Carros queimam combustíveis e emitem gás carbônico, aquele famoso gás de efeito estufa que contribui para o aquecimento global.

Foto_092010_003 Em Porto Alegre a ação já começou no feriado local do 20 de setembro, quando ativistas do Greenpeace estiveram no Gasômetro vestidos de azuizinhos alertando as pessoas para as mudanças climáticas e o papel dos veículos no aquecimento global. Com criatividade, a iniciativa foi um sucesso! Os ativistas aproveitaram a data para dar dicas e instruções de como tornar o tráfego mais agradável na cidade.

Mudanças Climáticas

A previsão mínima para os próximos 100 anos é mais que o dobro do aumento de 0,6 °C, ocorrido desde 1900. Pode parecer muito tempo, mas é preciso lembrar que esse acréscimo é gradual e alguns efeitos do aquecimento global já podem ser sentidos, como as ondas de calor e de frio intensos em diversas partes do mundo.

Os cenários previstos pelo grupo de cientistas do IPCC relacionam o aumento de doenças em escala global às mudanças climáticas, embora o estágio atual tenha pouco impacto. As cardiorrespiratórias, por exemplo, estão listadas no relatório.

Além do IPCC, há outras entidades debruçadas sobre os efeitos do aquecimento global. A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), por meio do documento “Mudanças Climáticas e Ambientais e seus Efeitos na Saúde: Cenários e Incertezas para o Brasil”, aponta as doenças transmitidas por vetores, como malária e dengue, mais freqüentes nos países de clima tropical, como um dos principais problemas de saúde pública que podem decorrer do aquecimento global.

Só em São Paulo morrem, a cada ano, 4 mil pessoas em decorrência de problemas relacionados à poluição do ar.

Os processos biológicos não têm capacidade de acompanhar o rápido aquecimento pelo qual a Terra está passando. As entidades que se dedicam a pesquisar seus efeitos trabalham com previsões e estimativas.

 

DENATRAN  lembra Consequências da falta do uso de cinto na Semana sem Carro

Um dos temas da Semana Nacional do Trânsito, promovida pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) é o uso do Cinto de Segurança e Cadeirinha.

O uso do cinto pelo condutor e pelo passageiro do banco dianteiro reduz em 50% o risco de morte em uma batida, segundo a Spot (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia). E enquanto 88% dos ocupantes dos bancos da frente usam o cinto, apenas 11% o utilizam no banco traseiro.

O uso da cadeirinha por crianças com até 7 anos e meio, que se tornou obrigatório desde o início deste mês, é tão importante quanto o do cinto. Segundo o Denatran, os acidentes de trânsito são a principal causa de morte de crianças de 1 a 12 anos no País. Em 2008 foram 22.472 vítimas não fatais e 802 fatais. Estudo da ONG Criança Segura, que atua com ações de conscientização sobre acidentes diversos com os pequenos, os provocados no trânsito estão entre as três principais causas de mortalidade de crianças entre 0 e 14 anos.

 

Mudança de atitude

Ainda está em tempo de diminuir os riscos. É preciso, sobretudo, firmar acordos para manter estabilizada a quantidade de gases do efeito estufa emitida, anualmente, em todo o mundo. Mas essa estabilização extrapola as esferas governamental e empresarial.

Atitudes individuais têm grande impacto na diminuição das mudanças climáticas. Deixar o carro em casa ou pegar carona, praticar o consumo consciente…Enfim, se cada um fizer a sua parte, as chances de garantir a saúde do planeta e de seus habitantes são maiores.

 

 

Mais informações sobre eventos no Dia Mundial Sem Carro em http://diamundialsemcarro.ning.com

Anúncios
Categorias:ATIVISMO, ECONOTÍCIAS
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: