Início > Uncategorized > Como não ser um mala sem alça

Como não ser um mala sem alça

Fugindo um pouco dos temas que costumo abordar aqui, publico hoje uma matéria que considero de utilidade pública. Quem já não se hospedou na casa de amigos ou recebeu alguém em sua casa? Pois o Diego Dacax, do guia da semana/zh, dá dicas de comportamento para evitar o estigma do mala sem alças….Confira:

Como não ser um mala sem alça

Elencamos algumas dicas para a hora de se hospedar na casa de amigos e parentes. Seguindo-as, suas chances de ser convidado novamente aumentam consideravelmente.

Por Diego Dacax

Foto: Getty Images

Viajar para a casa de amigos e parentes é uma prática pra lá de comum com a chegada das festas e férias. Principalmente se estes tiverem casa na praia ou em locais propícios às atividades de verão. Tendo isso em mente, o Guia da Semana selecionou algumas dicas para te ajudar a importunar o mínimo possível os seus anfitriões, fazendo com que eles lhe recebam de braços abertos na próxima temporada.

Você não é o único
Em primeiro lugar, é importante saber que você não é a única visita que a pessoa recebe durante o ano. Coloque-se no lugar de seu hospedeiro, imagine como é ser visitado o tempo todo e ainda por cima só por conta da localização de sua morada. Se mesmo assim você decidir ir, tudo bem, mas siga os conselhos abaixo para evitar que além de mala, você seja sem alça.
Resista à tentação de pedir
Dê uma de João sem braço, diga que está pensando em ir e tal, caso a pessoa queira te receber é nessa hora que ela irá lhe convidar. E é nesse mesmo momento que você deve ser franco e direto, dizendo quantas pessoas irão e quantos dias você pretende ficar. Se combinar cinco dias, não fique seis. Nunca leve um hóspede extra.
Respeite a rotina do dono da casa
Levando em consideração que você tem menos de setenta anos e está de folga, é quase óbvio que você vai querer sair, ir às baladas e fazer outros passeios do tipo. Só é preciso ter em mente que o anfitrião tem o seu próprio ritmo de vida, sua rotina. Evite chegar em casa quando todos já estiverem dormindo. Se não tiver outro jeito, entre com pés de lã, faça de tudo para não ser percebido. Faça sala para a boa alma que lhe hospeda. Não utilize a casa dela apenas para dormir.
Seja invisível
O banheiro costuma ser um lugar muito estimado pelos donos da casa. Aos homens, a dica é não deixar rastros quando fizer a barba; às mulheres, o mesmo pode ser dito acerca das sobrancelhas e da troca de absorventes – nunca os descarte pela descarga, molhados eles costumam atingir um tamanho infinitamente superior ao do encanamento. Também é bom não utilizar o banheiro no horário de pico da casa, quando os proprietários estão saindo ou chegando.
Tenha desconfiômetro
A pessoa que o recebe não quer saber de ver pelos no sabonete, pode ter certeza. Veja se é preciso levar roupas de cama. Não esqueça sua toalha e seu desodorante. Evite pedir coisas emprestadas, caso precise de algo, não pegue ou use sem pedir antes. Ofereça ajuda de fato. Lave uma leva de louças, retire a mesa. Se comprar algo de comer, que seja para todos da casa, não só para você.
A despedida
Na hora de ir embora demonstre gratidão. Considere comprar uma lembrança. E nunca esqueça de deixar um bilhete agradecendo pela hospitalidade – de preferência escrito à mão. Evite o "desculpe qualquer coisa", jargão típico de malas sem alça. Seguindo esses conselhos, as chances de você ser convidado novamente praticamente dobram.

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: