Início > Uncategorized > Projeto Masdar – uma cidade sustentável no meio do deserto

Projeto Masdar – uma cidade sustentável no meio do deserto

Por enquanto, ainda é uma miragem ecológica flutuando no deserto de Abu Dhabi, a 25 quilômetros da capital dos Emirados Árabes Unidos (EAU). Mas a WWF e o governo de Abu Dhabi – Emirados Árabes – trabalham planos e estratégias para inaugurar a cidade mais verde do mundo,  Masdar City (Árabe: مصدر maṣdar, "source"), 24° 25′ N 54° 37′ E , que significa em árabe “A cidade fonte”. Ela será construída em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Sua principal característica é a sustentabilidade, incluindo a meta de tornar-se neutra de CO2.

O projeto foi concebido por Foster & Associados e a cidade comportará cerca de 50.000 mil habitantes. As normas e metas são bastante rígidas e seguem rigorosas políticas sustentáveis e ecologicamente corretas.

Entre as metas, está o carbono zero, zero de resíduos e a não existência de carros. A eletricidade será gerada por painéis fotovoltaicos, a água será fornecida através de processos de dessalinização e o paisagismo será feito com água residuais produzidas pela cidade.

A construção, iniciada no início do ano, conta com alto padrão de desenvolvimento urbano, design, tecnologia e, claro, muito verde. A maioria das ruas da cidade, por exemplo, terão apenas 3 metros de largura e 70 de comprimento para facilitar a passagem do ar e incentivar a caminhada.

O programa é baseado em 10 princípios de sustentabilidade. Segundo seus idealizadores, Masdar City vai atender e superar cada um deles até 2012, quando a cidade estará completamente construída e funcionando.

Princípios:
• 100% da energia fornecida virá de fontes renováveis.
• 99% dos resíduos serão reutilizados, reaproveitados ou usados de maneira ecologicamente correta.
• Sem emissão de carbono, o transporte da cidade será inteiramente público.
• Só será usado material ecologicamente correto, como recicláveis e materiais certificados.
• Apenas alimentos biológicos e orgânicos farão parte do cardápio de Masdar City.
• Consumo de água será reduzido em 50% da média mundial. Todas as águas residuais serão reaproveitadas e reutilizadas.
• Preocupação e cuidado com as espécies (fauna e flora) locais.
• Arquitetura integrará os valores locais.
• Bons salários e condições de trabalho, conforme definido pelas normas internacionais do trabalho.
• Investimentos na qualidade de vida e eventos para todos os tipos de habitantes.

O projeto “Masdar” tem o propósito de se tornar modelo e provar que a vida sustentável é possível e não precisa de nenhuma abdicação de luxo ou conforto. Porém causa muita surpresa e incredulidade o fato de um pequeno emirado repleto de petróleo (8% das reservas mundiais) estar tomado de tal febre ambiental, e se comprometer a produzir em 2020 pelo menos 7% de sua eletricidade a partir de energias renováveis. O próprio Sultan al-Jaber, diretor da Masdar, admite: "É um compromisso audacioso para um país cuja economia é dominada pelo petróleo e pelo gás". As tecnologias limpas, no entanto, "fazem mais sentido do que nunca, mesmo nesse período difícil", diz esse homem próximo do poder.  Vamos aguardar.

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: